Empreendedorismo

União no amor e nos negócios

A Taw da Coxinha surgiu durante a pandemia, em 2020, apenas como delivery. Hoje, já tem espaço físico responsável por boa parte do faturamento do negócio do casal Guga Albuquerque e Tawana Lira.

As incertezas causadas pela pandemia da Covid-19 não são fáceis de lidar para muitas pessoas. Mas, foi justamente nesse período que Guga Albuquerque e a esposa Tawana Lira começaram o negócio de coxinhas, apenas por delivery. Eles enxergaram na situação do lockdown, em maio de 2020, a oportunidade perfeita para começarem a empreender e criaram A Taw da Coxinha e já possuem até ponto físico. Com mais de um ano juntos nos negócios, o casal também vai comemorar o segundo Dia dos Namorados empreendendo.

Localizado no bairro da Iputinga, no Recife, o empreendimento não poderia ser mais um, segundo um dos donos. Após benchmarking, o casal apostou na inovação e na diferenciação dos seus produtos. “Para se destacar precisávamos agregar qualidade e criatividade no negócio, demos o nome de cantores pernambucanos às nossas coxinhas, a fim de manter viva nossa veia musical e agregar particularidade nos nossos produtos. Inclusive, nesse mês, vem novidades fortíssimas por aí, aguardem (risos)”, contou Guga.

Com o faturamento mensal dividido entre as vendas físicas e por delivery, foi no Sebrae que eles conseguiram se capacitar para o aprimoramento do negócio. Além disso, o sucesso nas plataformas digitais conta ainda com estratégias bem definidas e com tráfego pago. “Estamos em 2021 e o uso do digital não é mais uma opção! Ou você está no digital ou você não está no mercado. Quando A Taw da Coxinha aconteceu não foi diferente, empregamos nela uma identidade visual que interage com quem a assiste, que entende as necessidades dos nossos clientes, criando o desejo em quem nos segue, de comer nossa coxinha, e tem dado super certo”, destacou Tawana.

Guga era músico antes da pandemia, e sofreu diretamente os impactos da falta de eventos. Tawana trabalhava em um escritório de advocacia; agora, tem dedicação integral ao empreendimento. Com essa virada na vida profissional, o casal destaca como é empreender nesse formato. “Empreender em casal é um super desafio, isso porque frequentemente as necessidades da casa vão se misturar com as necessidades da empresa, se não houver um entendimento em separar as duas coisas, pode ter certeza que não dá certo. Por outro lado, a necessidade coletiva em achar uma saída pra toda essa loucura da pandemia foi o que nos uniu e nos fez compreender um ao outro”, disse a empreendedora.

“Acreditamos que nossa coxinha é amor puro e vamos lançar uma promoção para embalar esse dia 12. Mas, como casal de empreendedores individuais, vamos comemorar trabalhando, e muito”, descreve Guga. Acrescentando: “acreditamos que quando somos empreendedores iniciantes, principalmente no ramo de alimentação, pagamos o preço de termos pouco tempo para nós mesmos como casal. Mas esse tempo para nós mesmos é utilizado em dias mais livres que não sejam datas comemorativas”, avaliou.

 

Serviço:

A Taw da Coxinha: @atawdacoxinha(Instagram)

Canais Digitais de Atendimento Sebrae:

0800 570 0800

WhatsApp Sebrae: (81) 99194-6690

Portal Sebrae: https://www.pe.sebrae.com.br

APP Sebrae: (Android e iOS)